Em 1517, Martinho Lutero lançou suas 95 teses contra a venda de indulgências pela Igreja Católica, dando o pontapé inicial da Reforma Protestante – um movimento que, para mal ou para bem, iria mudar radicalmente o Ocidente. Guardadas as devidas proporções, começa a ganhar corpo no Brasil (e no mundo) um movimento que propõe uma reinvenção dentro do próprio protestantismo, atacando, entre outras práticas, a ênfase nos bens materiais.

Reportagem da revista “Época” mostrou quem são esses pastores (alguns, inclusive, rejeitam o rótulo) e misturam princípios do cristianismo primitivo com a modernidade da internet para angariar seguidores e difundir suas ideias. O que Lutero diria desse novo protesto?

Para ver trecho da reportagem, clique aqui.
Para a matéria completa, somente para assinantes da revista Época, clique aqui.
Usando a internet como ferramenta, pastores tentam resgatar o cristianismo primitivo e se livrar do estigma de coletores de dízimo

Tags:  , , , , , , , ,