Meu amor, jamais esquecerei. O boleto da prestação do Gol da gente  vence todo dia 5 de cada mês. Custa R$ 540,32 e a última fatura do carnê deverá ser paga em cinco de dezembro de 2012. Mas se você quiser, a gente vai na concessionária e troca o carro por um Corsa vermelho zerinho zerinho. Mantemos o preço e a data da letra, apenas ampliando o prazo para pagamento.

O apartamento, minha linda, financiamos pela Caixa. Parcelas decrescentes, pagas religiosamente a cada dia 13.  Faz nada menos que seis anos que começamos a pagar, naquela romântica tarde de quarta-feira em que conversamos com o simpático gerente de gravatinha vermelha. Daqui a nove primaveras apenas comemoraremos a quitação do imóvel, cortando o mesmo bolo que celebrará os quinze anos da nossa filha linda, fruto da nossa romântica união.

E por falar em nossa filha, minha memória não falha. A mensalidade do colégio deve ser paga sempre antes do dia 10 de cada mês. Exatos R$ 491,11 – normalmente pagos pela internet, poupando inclusive uma viagem ao banco. A escola já mandou fichas de compensação referentes a matrícula para o ano que vem, taxa de material e lista de livros necessários. Tudo o que ela precisa para cursar o primeiro ano do ensino fundamental – que no nosso tempo a gente chamava de alfabetização.

Todo dia 25, pagamos o plano de saúde. Uma bom negócio que o cunhado do vizinho nos arrumou com pouca carência e direito a enfermaria. A conta de energia vence todo dia 21 e no mês passado pagamos R$ 123,10 graças ao chuveiro elétrico que queimou naquele domingo em que nosso time venceu por 2×1 mas ainda assim ficou for a da disputa para a Série A do Brasileirão.

Condomínio vence no dia 6, mas se pagarmos no dia 2 temos direito a 10% de desconto. Aquele cartão de crédito diz que as melhores coisas não têm preço, mas não se furta de nos mandar a cobrança que deve ser paga todo dia 29. Nem queira saber quanto cobram de juros se a gente ficar inventando de pagar o mínimo. O bujão de gás tá custando R$ 47,00 e o nosso sempre dura uns dois meses.

A conta do telefone celular – plano família – dá direito a 100 minutos de ligações, 100  mensagens de texto e multimídia, 500 mega no pacote de dados. Se economizarmos nos excedentes, pagamos pouco mais de R$ 100,00. A memória não me deixa escapar o vencimento: todo dia 3 – que é a quantidade de vezes que nos ligamos todos os dias.

Então é isso, minha flor. E é por isso que não entendo todo esse escândalo por ter esquecido nosso aniversário de casamento.

Ou como as contas podem melhorar a sua memória ivan moraes filho

Ivan Moraes Filho é escrevedor e não tem opinião formada sobre tudo. E as que tem ainda pode mudar.

Tags:  , , , , , ,